Finalmente um plano para dominar o monstro da dívida

A dívida pública é um monstruoso elefante no meio da sala portuguesa. É de tal forma intimidatória que até hoje ninguém ousou enfrentá-la. Alguns têm lançado um tímido “agarrem-me que eu vou-me a ela”, mas só quando “ela” não está a olhar. Outros têm feito umas leves cócegas na esperança de que o elefante se … Continue reading Finalmente um plano para dominar o monstro da dívida

Síria: onde as linhas são de todas as cores

Não é chocante. Não é triste. Não é condenável. É tudo isso e muito mais. As palavras são vãs na tentativa de descrever o ataque químico na Síria. As imagens, essas, são poderosamente perturbadoras. Mas tudo isto fica muito aquém da barbárie de centenas de crianças, homens e mulheres mortos e feridos por respirarem uma … Continue reading Síria: onde as linhas são de todas as cores

O que será da União Europeia sem uma das suas estrelas?

Há momentos assim. Históricos. Esta semana houve um desses momentos: a formalização do início do Brexit. A data é para fixar: 29 de Março de 2017. O ineditismo é tal que ninguém sabe bem como o fazer. E muito menos o que esperar. Será este o princípio do fim da desintegração? Habituámo-nos a viver todos … Continue reading O que será da União Europeia sem uma das suas estrelas?