Os solavancos da caravana das autárquicas

A uma escassa semana das eleições autárquicas, há resultados que já se cheiram no ar, mas alguns prognósticos só mesmo no fim do jogo. Seja como for, pelo andar da caravana, há várias mensagens que ficam desta campanha e pré-campanha, cuja dimensão é mais nacional do que local – um lado, aliás, que tradicionalmente contamina … Continue reading Os solavancos da caravana das autárquicas

Rohingya: os novos refugiados do país do Prémio Nobel da Paz

  Há mais um povo perseguido e alvo de atrocidades de tal forma bárbaras que nós, resguardados neste cantinho de tão civilizada Europa, só podemos imaginar. Os Rohingya são um dos maiores povos apátridas do mundo, que não tem direito aos mesmos direitos dos cidadãos dos países que pisam o mesmo solo. E em Myanmar, … Continue reading Rohingya: os novos refugiados do país do Prémio Nobel da Paz

Greve dos enfermeiros: quando a ética se transforma em jogo sujo

O ministro Adalberto Campos Fernandes está a protagonizar um braço de ferro na saúde em Portugal. Acossado de um lado pelos enfermeiros parteiros e do outro pelos médicos, o titular da pasta revela-se intransigente nas negociações (ou na falta delas) e enfrenta uma greve dura dos enfermeiros já esta semana. E a dos médicos em … Continue reading Greve dos enfermeiros: quando a ética se transforma em jogo sujo

PSD: Partido Sob Desorientação

  Desde que se viu surpreendentemente apeado do poder, nos idos do final do ano de 2015, que o PSD anda à deriva, desorientado, surgindo caricatamente como o partido mais perdido na atual cena política portuguesa. Percebe-se que tal se deve ao facto de manter obstinada e inexplicavelmente o mesmo presidente (e as mesmas políticas) … Continue reading PSD: Partido Sob Desorientação